Show simple item record

dc.contributor.advisorBeyer, Esther Sulzbacher Wondracekpt_BR
dc.contributor.authorStifft, Kellypt_BR
dc.date.accessioned2009-04-07T04:12:27Zpt_BR
dc.date.issued2008pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10183/15513pt_BR
dc.description.abstractA presente pesquisa teve como objetivo principal compreender e explicar o desenvolvimento musical dos bebês tendo em vista as suas relações interpessoais no contexto do projeto Música para Bebês. Os dados foram coletados nos encontros de um grupo de bebês (até 2 anos) e seus acompanhantes no projeto de Extensão do Departamento de Música do Instituto de Artes da UFRGS entre março de 2004 e novembro de 2005. Os encontros foram registrados em fitas VHS e, durante a análise, organizados em um protocolo descritivo intitulado Descrição dos Dados de Vídeo (DDV). O referencial teórico utilizado fundamentou-se na educação, na educação musical, na psicologia e na medicina incluindo autores como Piaget (1987), Beyer (1994), Barceló (2003), Stern (1992), Klaus e Klaus (1989), Klaus e Kennel (1992). A pesquisa foi desenvolvida segundo uma abordagem qualitativa e o método utilizado foi de observação longitudinal. A análise dos dados confirmou a hipótese de que o desenvolvimento musical está vinculado às relações interpessoais do bebê e apontou para a importância do processo no seu desenvolvimento musical, ou seja, da promoção de vivências musicais para os bebês. Conforme os dados, o projeto Música para Bebês mostrou-se um espaço no qual tanto os bebês quanto os adultos podem desenvolver as relações interpessoais e as vivências musicais.pt_BR
dc.description.abstractThe present study aimed mainly at understanding and explaining the musical development of babies considering their interpersonal relationships in the context of the project ‘Music for Babies’. The data were collected during meetings of a group of babies (up to 2 years old) and their companions in the Music Department extension project of UFRGS Institute of Arts between March 2004 and November 2005. The meetings were taped on VHS and were organized in a descriptive protocol, during the analysis, entitled ‘Description of Video Data’ (DDV). The theoretical reference used here was based on education, on musical education, on Psychology and on Medicine including authors such as Piaget (1987), Beyer (1994), Barceló (2003), Stern (1992), Klaus and Klaus (1989), Klaus and Kennel (1992). The research was developed following a qualitative approach and a longitudinal observation method. The analysis of the data confirmed the hypothesis that the musical development is connected to the baby’s interpersonal relationships and it pointed out the importance of the process in his/her musical development, which is, the promotion of musical experiences for babies. According to the data, the project ‘Music for Babies’ showed to be a space in which both babies and adults can develop their interpersonal relationships and their musical experiences.en
dc.format.mimetypeapplication/pdf
dc.language.isoporpt_BR
dc.rightsOpen Accessen
dc.subjectMusic educationen
dc.subjectEducação musicalpt_BR
dc.subjectBebêpt_BR
dc.subjectBabyen
dc.subjectInterpersonal relationshipsen
dc.subjectRelação interpessoalpt_BR
dc.titleA construção do conhecimento musical no bebê : um olhar a partir das suas relações interpessoaispt_BR
dc.typeTesept_BR
dc.identifier.nrb000683040pt_BR
dc.degree.grantorUniversidade Federal do Rio Grande do Sulpt_BR
dc.degree.departmentFaculdade de Educaçãopt_BR
dc.degree.programPrograma de Pós-Graduação em Educaçãopt_BR
dc.degree.localPorto Alegre, BR-RSpt_BR
dc.degree.date2008pt_BR
dc.degree.leveldoutoradopt_BR


Files in this item

Thumbnail
   

This item is licensed under a Creative Commons License

Show simple item record