Show simple item record

dc.contributor.advisorFigueiredo, Márcia Cançadopt_BR
dc.contributor.authorPeixoto, Liana Tavarespt_BR
dc.date.accessioned2016-07-14T02:16:16Zpt_BR
dc.date.issued2012pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10183/143547pt_BR
dc.description.abstractIntrodução: Para proporcionar ações efetivas na busca pela saúde bucal, o acesso à saúde deve ser singularizado, conforme as necessidades da população, isso deve ser planejado a partir de levantamentos e estudos que evidenciem o perfil da comunidade e que sirvam de parâmetro para o planejamento de futuras ações. Objetivos: Descrever a condição de saúde bucal e correlacioná-la com o perfil socioeconômico de famílias cadastradas na Estratégia Saúde da Família da UBS Augusta Meneguine do município de Viamão, RS. Metodologia: Foram colhidos e relacionados dados de saúde bucal (placa visível, sangramento gengival, dentes cariados extraídos e restaurados) e de nível socioeconômico (tipo de casa, Renda, escolaridade, numero de moradores por domicílio) de 151 moradores durante visitas domiciliares. Resultados: 42% das pessoas viviam com até 1 salário mínimo e 48,6% moravam com 3 a 5 pessoas por casa. Houve associação significante entre: renda familiar de até 1 salário mínimo e mais de 3 ingestões de açúcar entre refeições, de 3 a 5 salários mínimos e 2 ingestões de açúcar entre refeições; tipo de domicílio (alvenaria) e de 2 a 3 vezes higiene bucal por dia (p< 0,05). Conclusões: Através deste levantamento foi possível identificar um perfil precário de saúde bucal e de nível socioeconômico da população estudada: baixa remuneração e escolaridade, altos índices de placa visível, sangramento gengival, cárie, perdas dentárias e uma relação significativa entre nível socioeconômico e saúde bucal.pt_BR
dc.description.abstractTo provide effective actions aiming oral health, the access to health must be singled to the needs of the population, it must be planned through studies that shows the profile of the community and serves as a parameter for future actions. Objective: Describe the oral health condition and correlate with the socioeconomic profile of the population registered in the Family Health Strategy of UBS Augusta Meneguine, Viamão city, RS. Methodology: The data was collected and correlated of oral health (visible plaque, bleeding gum, carious, extracted and restored teeth) and socioeconomic level (house made, income, scholarity), from 151 inhabitants during home visits. Results: 42% of the people lived with until 1 minimum salary and 48,6% lived between 3 to 5 people by residence. There was an association among the variables: income until 1 minimum salary and more than 3 ingestions of sugar between meals; 3 to 5 minimum salary and 2 ingestions of sugar between meals; house made of brickwork and 2 to 3 times oral hygiene per day (p< 0,05). Conclusions: Through this study it was possible to identify a needy oral health profile and socioeconomic level of the studied population: low income and scholarity, high levels of visible plaque, bleedings gum, caries, tooth loss and a significant correlation among socioeconomic level and oral health.en
dc.format.mimetypeapplication/pdf
dc.language.isoporpt_BR
dc.rightsOpen Accessen
dc.subjectOdontologia socialpt_BR
dc.subjectOral healthen
dc.subjectCárie dentáriapt_BR
dc.subjectDental cariesen
dc.subjectSocial classen
dc.titleDescrição e relação da saúde bucal e dos indicadores socioeconômicos dos usuários da ESF Augusta Meneguine, Viamão, RS, Brasilpt_BR
dc.typeTrabalho de conclusão de graduaçãopt_BR
dc.identifier.nrb000899574pt_BR
dc.degree.grantorUniversidade Federal do Rio Grande do Sulpt_BR
dc.degree.departmentFaculdade de Odontologiapt_BR
dc.degree.localPorto Alegre, BR-RSpt_BR
dc.degree.date2012pt_BR
dc.degree.graduationOdontologiapt_BR
dc.degree.levelgraduaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail
   

This item is licensed under a Creative Commons License

Show simple item record