Show simple item record

dc.contributor.advisorBarboza, Eduardo Guimaraespt_BR
dc.contributor.advisorGruber, Nelson Luiz Sambaquipt_BR
dc.contributor.authorSouza, Gabriel Alexandre Bonfada dept_BR
dc.date.accessioned2016-02-24T02:05:00Zpt_BR
dc.date.issued2015pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10183/132854pt_BR
dc.description.abstractO presente trabalho disserta sobre a evolução da barreira holocênica na praia Grande, município de Laguna, litoral centro sul de Santa Catarina. Devido à ausência de aporte sedimentar fluvial para a alimentação do campo de dunas, entende-se que a área fonte dos sedimentos provenha da erosão dos sedimentos da linha de costa, ocasionando sua transgressão. Devido a isso, um padrão de empilhamento retrogradacional é esperado no registro estratigráfico em subsuperfície. Para corroborar essa hipótese, doze perfis geofísicos de subsuperfície (radargramas) foram levantados utilizando um Georradar (Ground Penetrating Radar, GPR). Das doze seções perfiladas, três se mostraram de boa qualidade, fornecendo perfis representativos da arquitetura deposicional primária. Por meio da interpretação destes radargramas, depósitos de margem lagunar puderam ser visualizados, na forma de refletores oblíquos de médio ângulo mergulhando no sentido do continente. Entende-se que sejam refletores formados pela deposição de areia provinda do transporte eólico da barreira adjacente diretamente no corpo lagunar. Um modelo evolutivo para os últimos episódios da evolução holocênica da área estudada foi proposto, em que a linha de costa era mais adiantada offshore e a lagoa possuía maior área. Os resultados permitiram evidenciar um padrão de empilhamento retrogradacional no registro estratigráfico em subsuperfície da área estudada, evidenciado pela visualização do sistema lagunar abaixo do atual sistema eólico. Assim, com este subsídio é possível prever o comportamento da linha de costa para a região, caracterizando um setor problemático com relação à erosão costeira. Uma vez identificado o problema, o estudo promove uma informação importante para os gestores costeiros.pt_BR
dc.description.abstractThe present study discusses the Praia Grande Holocene barrier evolution. Praia Grande is a beach located at the southern portion of the coast of the Santa Catarina State, Brazil. The sediment supply for the transgressive dune field, observed in the study area, is believed to be coming from the coastline sediments erosion, causing its transgression. Due to this process, a retrogradational stacking pattern is expected for the stratigraphic record in this area. To support the hypotheses, twelve underground geophysical profiles (radargrams) were acquired utilizing a Ground Penetrating Radar (GPR). Three radargrams showed satisfactory images of the primary depositional structures. By interpreting these radargrams, reflectors of the paleo lagoon filled with sands from the eolic system were seen. It is thought that the reflectors are formed by the adjacent barrier sands being brought by the Eolic system inside the paleo lagoon by its east margin. A model was proposed for the last episodes of the Holocene evolution. This model, far back in time, is represented by the Barrier/Eolic system outside the lagoon depression, seaward; the coastline was also more advanced seaward. With the time passing, the barrier invaded the lagoon margin causing the retrogradation of the system. Therefore, the results showed a retrogradational stacking pattern for the stratigraphic record, represented by the lagoon system below the present Eolic system. Thus, the coastline behavior can be predicted, and the prediction indicates that this sector has problems related to coastline erosion. This information will provide an important knowledge for the management of this coastal sector.en
dc.format.mimetypeapplication/pdf
dc.language.isoporpt_BR
dc.rightsOpen Accessen
dc.subjectCoastlineen
dc.subjectPlanície costeirapt_BR
dc.subjectEstratigrafiapt_BR
dc.subjectSanta Catarina coastal plainen
dc.subjectEvolução costeirapt_BR
dc.subjectRetrogradationen
dc.subjectRetrogradaçãopt_BR
dc.subjectTransgressive dunefieldsen
dc.subjectGeorradarpt_BR
dc.titleEstratigrafia e evolução da Praia Grande, SC: subsídios para gestão costeira integradapt_BR
dc.title.alternativeRetrogradação do sistema costeiro da Praia Grande, SC : subsídios para gestão costeira integradapt_BR
dc.typeTrabalho de conclusão de graduaçãopt_BR
dc.identifier.nrb000983795pt_BR
dc.degree.grantorUniversidade Federal do Rio Grande do Sulpt_BR
dc.degree.departmentInstituto de Geociênciaspt_BR
dc.degree.localPorto Alegre, BR-RSpt_BR
dc.degree.date2015pt_BR
dc.degree.graduationGeologiapt_BR
dc.degree.levelgraduaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail
   

This item is licensed under a Creative Commons License

Show simple item record