Show simple item record

dc.contributor.advisorFinger, Ingridpt_BR
dc.contributor.authorFonseca, Sandro Rodriguespt_BR
dc.date.accessioned2016-02-05T02:03:51Zpt_BR
dc.date.issued2015pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10183/132680pt_BR
dc.description.abstractEsta dissertação tem como objetivo geral investigar o efeito de interferência semântica no acesso lexical bilíngue bimodal em um grupo de ouvintes bilíngues bimodais adultos que atuam como TILS - tradutores e intérpretes de LIBRAS – Língua Portuguesa por meio de uma Tarefa de Reconhecimento de Tradução. Quatro objetivos específicos nortearam a pesquisa: (a) verificar o efeito de interferência semântica durante o acesso lexical bilíngue bimodal; (b) avaliar o papel da certificação de proficiência em interpretação PROLIBRAS no desempenho dos participantes na tarefa experimental; (c) avaliar o papel da experiência tradutória, considerando o número de horas de trabalho por semana, no desempenho dos participantes na Tarefa de Reconhecimento de Tradução; e (d) avaliar o papel da experiência como intérpretes de Libras, considerando o número de anos de experiência de trabalho, na Tarefa de Reconhecimento de Tradução. Para a realização da pesquisa foram utilizados dois instrumentos, um Questionário de Histórico da Linguagem e Autoavaliação da Proficiência, e um Teste de Reconhecimento de Tradução desenvolvido especificamente para este estudo, no qual os participantes foram solicitados a observar sequências de sinais em um vídeo seguido de uma palavra em Língua Portuguesa e a responder se a palavra correspondia à tradução correta do sinal. A palavra em Língua Portuguesa poderia se enquadrar em uma das seguintes condições experimentais: tradução correta, tradução incorreta semanticamente relacionada, tradução incorreta semanticamente não relacionada. As hipóteses previam que (a) os participantes seriam mais rápidos em identificar itens na condição de tradução correta do que nas duas outras condições; (b) os intérpretes demonstrariam um menor percentual de erros ao identificar itens na condição de tradução correta do que nas duas outras condições, exibindo percentual de erros ainda maior na condição de tradução incorreta semanticamente relacionada; (c) os participantes que declarassem possuir o certificado de proficiência em interpretação PROLIBRAS teriam um desempenho mais rápido e menor percentual de erros na tarefa; (d) os intérpretes que declarassem atuar mais horas por semana teriam um desempenho mais rápido e menor percentual de erros; por fim, (e) que os participantes que declarassem ter mais anos de experiência seriam mais rápidos e obteriam um menor percentual de erros na tarefa. Os resultados confirmam o efeito de interferência semântica em bilíngues bimodais, embora a análise do papel da experiência linguística tenha revelado que não houve diferença de resultados entre os que possuem a certificação PROLIBRAS e os que não a possuem, sendo que o mesmo foi constatado entre os que trabalham mais ou menos anos como intérpretes. A análise dos resultados da experiência em termos de horas por semana, no entanto, revelou que a comparação entre o grupo que trabalha vinte horas com o que trabalha quarenta horas indicou que os que trabalham menos horas responderam mais rapidamente aos itens de todas as condições de tradução da tarefa. Os resultados são interpretados com base em teorias sobre a representação do conhecimento linguístico, do acesso lexical e da interferência semântica, e sugerem a presença do efeito de interferência semântica nos bilíngues testados. Além disso, a ausência de um efeito da certificação PROLIBRAS na tarefa é analisada como uma indicação da necessidade de se investigar mais profundamente formas alternativas de avaliar a experiência dos intérpretes.pt_BR
dc.description.abstractThis dissertation has as its general objective to study the semantic interference effect in bimodal bilingual lexical access in a group of hearing adults bimodal bilinguals who work as sign language interpreter LIBRAS – Portuguese through a Translation Recognition Task. Four specific objectives guided this research: (a) to verify the semantic interference effect during bilingual bimodal lexical access; (b) to assess the role of the PROLIBRAS interpreting proficiency certification on the performance of the participants during the experimental task; (c) to assess the role of the translation experience, considering the number of hours of work per week, on the performance of the participants during the Translation Recognition Task; and (d) to assess the role of the experience as interpreters, considering the number of years of work experience, seen through the Translation Recognition Task. In order to accomplish such goals two instruments were used: a Self-Proficiency and Language History Questionnaire and a Translation Recognition Task developed for this study, in which participants were asked to observe sequences of signs in video followed by a word in Portuguese and answer whether the word corresponded as the correct translation of the sign. The word in Portuguese could fit in one of the following experimental conditions: correct translation, semantic related incorrect translation, not semantic related incorrect translation. The hypotheses were that (a) the participants would be faster at identifying items on the correct translation condition than the other two conditions; (b) interpreters would have a smaller error rate at identifying items on the correct translation condition than the other two conditions, showing even more error rate on the semantic related incorrect translation condition; (c) the participants that would declare to own a LIBRAS proficiency certificate would show a faster performance and smaller error rate; and finally, (e) that participants that would declared to have more year of experience as interpreters would be faster and would have a smaller error rate on the task. The results confirmed the semantic interference effect in bimodal bilinguals, although the analyses of the role of the language experience showed no difference of results among those who own a PROLIBRAS certificate and those who do not. The same was seen among those work more or less years as interpreters. The analyses of the results of the experience in terms of hours per week, however, showed that the comparison between the group who work twenty hours with the group who work forty hours indicated that the ones who work fewer hours answered faster to the items in all the task conditions. The results are interpreted using as base the theories about language knowledge representation, lexical access and semantic interference. Besides, the lack of effect on the PROLIBRAS certificate on the task is analyzed as an indication of the need to study deeply alternative ways to assess the experience of the interpreters.en
dc.format.mimetypeapplication/pdf
dc.language.isoporpt_BR
dc.rightsOpen Accessen
dc.subjectLexical accessen
dc.subjectBilingüismopt_BR
dc.subjectSemantic interferenceen
dc.subjectLíngua Brasileira de Sinaispt_BR
dc.subjectLíngua portuguesapt_BR
dc.subjectBimodal bilingualismen
dc.subjectAcesso lexicalpt_BR
dc.subjectSign language interpreteren
dc.titleBilinguismo bimodal : um estudo sobre o acesso lexical em intérpretes de libras-portuguêspt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR
dc.contributor.advisor-coFontes, Ana Beatriz Arêas da Luzpt_BR
dc.identifier.nrb000984235pt_BR
dc.degree.grantorUniversidade Federal do Rio Grande do Sulpt_BR
dc.degree.departmentInstituto de Letraspt_BR
dc.degree.programPrograma de Pós-Graduação em Letraspt_BR
dc.degree.localPorto Alegre, BR-RSpt_BR
dc.degree.date2015pt_BR
dc.degree.levelmestradopt_BR


Files in this item

Thumbnail
   

This item is licensed under a Creative Commons License

Show simple item record