Show simple item record

dc.contributor.advisorDamo, Arlei Sanderpt_BR
dc.contributor.authorTatsch, Matheus da Costapt_BR
dc.date.accessioned2016-01-28T02:49:11Zpt_BR
dc.date.issued2015pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10183/132381pt_BR
dc.description.abstractEste estudo busca analisar o efeito da globalização e do consumo globalizado sobre os espectadores de futebol e como são criadas identificações que fazem um indivíduo se apresentar como torcedor de um clube estrangeiro. Buscou-se interpretar as relações entre internet, torcedores e a ideia de “pertencimento clubístico internacional”, ou seja, a aproximação de um grupo de indivíduos brasileiros a um clube de fora do país, a fim de analisarmos como tal fator se apresenta na identidade das pessoas. Como podemos ler esse fenômeno através da lente da categoria de pertencimento clubístico, uma vez que se imagina que a influência dos pais, tão importante em nível de clubismo nacional, não seja tão relevante em nível internacional? O que significa essa nova conduta torcedora nas relações para com o nacional? Como esse novo fator é visto aos olhos de outros torcedores? A análise etnográfica buscou apontar como esses “novos torcedores” se juntam para afirmar a legitimidade da sua posição e como tal fenômeno cresce, sem que, no entanto, abale fortemente as estruturas do pertencimento clubístico nacional.pt_BR
dc.description.abstractThe present paper attempts to analyse the effects of globalization and globalized consumption on the football fans and how identifications are created in a way that the person recognizes themself as a foreign football club's fan. An effort has been made in order to interpretate the relations between internet, fans and the category of “international clubistic adherance”, in other words, a group of brazilian people's approach towards a foreign club, in order to analyse how such aspect influences in people's identities. How can we read this phenomenom through the lenses of the category of clubistic adherance, since one imagines that the parents' influence, amazingly important on the national level, will not be that relevant on the international one? How is this new factor seen by the other fans? The ethnographic analysis has seeked to point out how these “new fans” are united to affirm the legitimacy in their position, and how such phenomenom is increasingly present in a person's daily football life, although it is not capable of shaking the structures of the national club adherance.en
dc.format.mimetypeapplication/pdf
dc.language.isoporpt_BR
dc.rightsOpen Accessen
dc.subjectFootballen
dc.subjectFutebolpt_BR
dc.subjectSociologia do esportept_BR
dc.subjectIdentityen
dc.subjectGlobalizationen
dc.subjectIdentidade clubísticapt_BR
dc.subjectClubistic adheranceen
dc.subjectGlobalizaçãopt_BR
dc.subjectClubismen
dc.subjectConsumptionen
dc.titlePertecimento clubístico internacional : Um olhar antropológico sobre os torcedores brasileiros de clubes europeuspt_BR
dc.typeTrabalho de conclusão de graduaçãopt_BR
dc.identifier.nrb000983257pt_BR
dc.degree.grantorUniversidade Federal do Rio Grande do Sulpt_BR
dc.degree.departmentInstituto de Filosofia e Ciências Humanaspt_BR
dc.degree.localPorto Alegre, BR-RSpt_BR
dc.degree.date2015pt_BR
dc.degree.graduationCiências Sociais: Bachareladopt_BR
dc.degree.levelgraduaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail
   

This item is licensed under a Creative Commons License

Show simple item record